07
jan 15

Estudante cria sistema que pode ajudar na reciclagem do lixo


Estudante de Engenharia da Computação em uma Universidade de Joinville (SC), Carlos Henrique Corrêa, desenvolveu um dispositivo para o seu TCC que pode ser uma alternativa para a separação de lixo.

Ainda hoje, muitas pessoas não separam o lixo corretamente, despejando os resíduos em lixeiras quaisquer, o sistema criado por Carlos Henrique visa evitar este tipo de situação, o dispositivo reconhece o tipo de material descartado e o encaminha para o lixo correto.

O trabalho de conclusão de curso chamou a atenção por ser uma alternativa de automatização do processo de separação do lixo que vai para a reciclagem. O mecanismo tem potencial de aplicação em grandes empresas e cidades, mas para isso acontecer, Carlos busca apoio para modernizar e aperfeiçoar o dispositivo, que ainda não tem nome oficial.

O protótipo foi confeccionado com uma caixa de papelão revestida de plástico, arames e fitas adesivas. Por enquanto o equipamento só separa plástico, vidro e metal, no entanto, está nos planos do estudante desenvolver um novo protótipo que reconhecerá outros tipos de materiais.

Carlos Henrique gastou apenas R$ 100 para produzir o atual protótipo, o importante no momento é o conceito do projeto, que pode ter várias aplicações.

O funcionamento do equipamento é simples, o resíduo é colocado dentro da lixeira em uma espécie de bocal e um dispositivo conectado a uma fonte de energia é acionado. Com isso, uma corrente de metal começa a girar e a fazer atrito com o objeto. Um sensor identifica o som gerado e qual é o tipo de material. Por fim, a plataforma abre e o lixo é encaminhado para o destino correto.

Para saber mais como o equipamento funciona clique aqui.

Leave a Reply